22 de abr de 2011

Sangramento Uterino Anormal


                                  
É uma das queixas mais comuns em ginecologia, atingindo desde adolescentes até mulheres após a menopausa.


AS CAUSAS PODEM ESTAR RELACIONADAS A VÁRIOS FATORES COMO: 
Gestação:
Patologias ginecológicas orgânicas, tais como lesões da vagina e do colo uterino, câncer de colo uterino, câncer de endométrio, hiperplasia do endométrio, pólipo endometrial, miomatose uterina e tumores ovarianos produtores de hormônios
Causas clínicas como hiperprolactimemia, hipo ou hipertireoidismo, insuficiência renal e hepática, uso de medicação anticoagulante e tumores de supra-renal produtores de hormônios
Sangramento uterino disfuncional, causado por alterações da fisiologia dos hormônios sexuais sobre o endométrio, na ausência de patologias ginecológicas ou clínicas.
O DIAGNÓSTICO DEVE INCLUIR : 
História
Exame físico com exame especular e colposcópico.
Métodos complementares de diagnóstico como ecografia pélvica, biópsia de endométrio e histeroscopia, que é o método ideal para o diagnóstico de patologia endometrial.
O TRATAMENTO SERÁ DE ACORDO COM A CAUSA DETERMINADA, SEMPRE LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO A IDADE DA PACIENTE E PODE INCLUIR: 
 
Medicação hormonal,
Anticoncepcionais orais,
Medicação anti-inflamatória,
DIU medicado com progesterona,
Histeroscopia cirúrgica,
Histerectomia.

0 Comentários: