6 de mai de 2011

Auto-exame testicular - A prevenção que só depende de você!



O câncer testicular aparece sem qualquer queixa ou dor, por isso é muito importante fazer um check up regular. Não há nenhum sinal que apareça e apenas o detectamos se procurarmos.
Este câncer pode surgir nos homens cujo testículo não desceu para a bolsa escrotal, quando há casos de câncer testicular anterior ou no caso de antecedentes familiares.Ele pode desenvolver-se, sobretudo, em duas fases da vida, entre os 15 e os 25 anos, ou numa idade mais avançada, a partir dos 65/70 anos.
Se detectado precocemente, este tipo de tumor pode ser totalmente curável. Com isto, o diagnóstico precoce é decisivo e basta um simples auto-exame para detectar antecipadamente os sinais de alarme.
Como fazer o auto-exame testicular
Este exame consiste basicamente na palpação dos testículos.
Devido ao relaxamento que a água quente proporciona, esta palpação deve ser feita, uma vez por mês, durante ou após o banho, facilitando assim a detecção de possíveis endurecimentos.
Siga os seguintes passos:
  • Examine um testículo de cada vez, para que o outro sirva de termo de comparação
  • Envolva o escroto com as mãos, de modo a deixar o polegar e alguns dedos livres para conseguir tocar nas várias zonas dos testículos
  • Examine o conteúdo escrotal e sinta se há algum alto ou inchaço
  • Examine os dois testículos da mesma forma.
Sinais de alarme
Procure um médico urologista caso detecte nódulos ou note alteração no tamanho, forma ou consistência dos testículos.
Geralmente, o homem só sente o nódulo quando este já estiver com mais de 1 cm de diâmetro.
Se o endurecimento doer, pode ser sinal de um processo inflamatório.
Além de caroços ou saliências, pode-se identificar uma sensação de peso no testículo, alteração de tamanho, forma ou consistência.
Em fase avançada, o tumor pode provocar dor persistente na parte inferior do abdômen ou costas, na virilha ou no escroto.
Editora responsável: 

0 Comentários: