6 de mai de 2011

Como queimar mais calorias?



A equação "calorias dentro x calorias fora". Primeiro você tem de entender que 500 g de gordura corresponde a 3.500 calorias 'extras'. Assim, para perder 500 g de gordura, temos que queimar 3.500 calorias.
Basicamente, podemos criar um déficit de calorias de três maneiras:
1- Comer menos calorias do que a queima diária.
O corpo queima calorias ao longo do dia como parte da taxa de metabolismo basal (TMB). Ela leva energia (calorias) ao corpo para as funções fisiológicas básicas - respirar, digerir, circular, pensar e mais. Além do mais, as atividades físicas (tomar banho, caminhar, digitar e trabalhar) gastam mais calorias.
2 - Queimar mais calorias do que se consome, aumentando a atividade física.
Se a queima de calorias sustenta a TMB, mas a pessoa se exercita mais, haverá um déficit calórico, simplesmente queimando calorias extras. Isto só funciona quando não se come demais.
Exemplo: Não importa o TMB, se você se exercitou para queimar 500 calorias extras todo dia, você perderá em torno de 500 gramas de gordura (500 calorias x 7 dias = 3.500 calorias).
3- Comer menos calorias e se exercitar para queimar mais calorias.
Este é o caminho mais efetivo para perder peso e mantê-lo fora. É muito mais fácil criar um déficit significativo de calorias quando você combina dieta com exercício, porque você não tem que se privar de comida, e não tem que se exercitar demais.
Exemplo: Se cortar 200 calorias por dia na dieta e queimar apenas 300 calorias com o exercício, você perde mais ou menos 500 gramas por semana. Compare este aos outros exemplos acima - você está perdendo peso aproximadamente na mesma taxa, sem fazer importantes mudanças na sua dieta ou rotina de exercício. Algumas pessoas odeiam cortar calorias, enquanto outras odeiam se exercitar. Uma combinação entre os dois permite fazer aquilo que seja mais fácil para você.
Com persistência, o déficit de caloria "aumenta" com o passar do tempo, e conseguimos chegar ao peso certo.
Também é importante notar que, embora essa matemática seja relativamente simples, nossos corpos são muito complicados e os resultados nem sempre se baseiam em uma só equação. Muitos outros fatores podem afetar a taxa de perda de peso ao longo do caminho.

1 Comentários:

andressa disse...

eu amei isso gostei muito pode pá