15 de set de 2011

O que é NIDAÇÃO?


Perguntam tanto o que nidação, porque ouviram na escola ou no curso de biologia, que entram em desespero achando que o sangramento da menstruação pode ser a nidação.
Gente, eu não quero que vocês fiquem mais ansiosos achando que os sintomas de uma provável nidação possam ser confundido pelos sintomas pré-menstruação. O problema é que são parecidos ou imperceptíveis, por isso muitas mulheres não se dão conta que estão grávidas ou pior, ficam se martirizando, quando querem ficar grávidas, se apegando a qualquer sintoma minúsculo que seja para achar que estão.
O que eu quero que entendam é o seguinte: SEM SEXO NÃO EXISTE FERTILIZAÇÃO. SEM FERTILIZAÇÃO NÃO EXISTE NIDAÇÃO.
Então, antes que você delirem achando que um amasso com roupa ( o que é impossível de se engravidar), um esfregação sem penetração, e assim por diante, possam engravidar alguém, parem e se perguntem: EU FIZ SEXO PARA ESTAR GRÁVIDA?
Se a resposta é não, então raciocinem e parem de drama. 99.8% das mulheres vão engravidar com penetração e com ejaculação dentro da vagina no dia fértil. As outras por algum outro motivo, mas com certeza, com penetração ou ejaculação. Se você não fez nada disso, esqueça, você NÃO ESTÁ GRÁVIDA.
Bom, agora, entendam o que é a nidação.
Nidação é quando o óvulo fertilizado se fixa no endométrio da mulher. Pode demorar de 5 até 15 dias para que esse processo ocorra. Não tem como a mulher transar em um dia e se achar grávida no dia seguinte, isso é IMPOSSÍVEL.
Pode ser, e não acontece com todas, que sangre um pouquinho quando o óvulo se acomoda no endométrio, mas se for isso, será pouquíssimo sangue, duas gotas ou um restinho, sangue escuro porque é do endométrio que já está lá formado. Pode ser também que dê uma leve cólica, mais nada.
Mas pode ser que a mulher não sinta ABSOLUTAMENTE NADA.
Ou seja, até uns 15 dias depois do dia da ovulação, um exame de sangue pode dar inconclusivo, pois cada processo de nidação é diferente em cada mulher.
Então, antes de ficarem malucas, leiam o texto acima. Sem sexo, sem gravidez; sem contato direto com a vagina, pelado, sem roupa, não tem como ter uma fertilização, sem estar no dia fértil também. Prestem atenção a estes detalhes e o mais importante., PRESTEM ATENÇÃO AO SEU CORPO, pois não adianta nada ficar cheia de dúvidas se você não sabe nem o dia que você menstrua.
Para uma explicação mais detalhada sobre nidação e hormônios, leia o texto abaixo:
O embrião, que vai virar feto, para sobreviver, tem que estar ligado a mãe durante todo a gestação.
Quando o óvulo é fertilizado, e isso acontece dentro das trompas de falópio (tuba uterina), ele aguarda de 5 até 15 dias enquanto o endométrio está se formando, para que seja o “lar” do embrião durante toda a gestação. Após alguns dias da fertilização, o óvulo começa a produzir seu próprio hormônio ( o HCG), que vai fazer com que a produção de Progesterona e Estrogênio continuem. Por isso que o exame de sangue de gravidez se chama Beta HCG, porque assim dá pra saber quando o óvulo está fertilizado.
A manutenção dos níveis de Progesterona e Estrogênio impedem que o Hipotálamo produza hormônios( o GnRH) que façam com que a mulher menstrue, assim, o endométrio continuará a crescer e assim que o embrião perder sua “zona pelúcida” que o alimenta e protege, ele possa ser nutrido pelas glândulas do endométrio.
O embrião então, começa digerir as células endometriais e assim vai afundando, sendo ao mesmo tempo, envolvido pela proliferação de outras células do endométrio, e aí temos a NIDAÇÃO. Nesse processo, podem ou não algumas células endometriais se soltarem e provocarem alguma cólica ou leve sangramento, mas não é regra absoluta.
Após esse fenômeno, as estruturas embrionárias (Placenta, Cordão Umbilical, Saco Aminiótico) começam a se formar. A partir da 5º semana de gestação, a própria Placenta começa a produzir os hormônios Progesterona e Estrogênio, fazendo que o óvulo deixe de produzir o HCG.

0 Comentários: