22 de abr de 2011

Papanicolaou

                                    
O exame ginecológico é um dos mais importantes exames para a saúde da mulher. É normal que existam medos e ansiedades para a sua realização. O objetivo deste artigo é responder a maioria das perguntas para que as mulheres possam entender COMO e PORQUE é realizado este exame.

O exame é simples, e tem reduzido as mortes por câncer de colo de útero em 70 %, desde sua criação pelo Dr. George Papanicolaou em 1940. O sucesso do teste é porque ele pode detectar doenças que ocorrem no colo do útero antes do desenvolvimento do câncer. O exame não é somente uma maneira de diagnosticar a doença mas serve principalmente para determinar o risco de uma mulher vir a desenvolver o câncer.

Todas as mulheres com ou sem atividade sexual devem fazer o exame anualmente.

O teste de Papanicolaou (Pap) detecta câncer cervical no início. Ele é baseado na pronta esfoliação de células malignas da cérvix e apresenta maturidade celular, atividade metabólica e variações morfo-lógicas.

Achados anormais:
Usualmente, as células malignas apresentam núcleos relativamente grandes e somente pequenas quan-tidades de citoplasma. Elas apresentam padrões de cromatina nuclear anormais e acentuada variação em tamanho, forma e propriedades de coloração e podem apresentar nucléolos proeminentes. Para confirmar um relatório citológico sugestivo ou positivo, o teste pode ser repetido ou acompanhado por uma biópsia.

Objetivos
• Detectar células malignas;


• Detectar alterações teciduais inflamatórias;

• Avaliar resposta à quimioterapia e radioterapia;

• Detectar invasão viral, fúngica e, ocasionalmente, parasítica;

• Avaliar a atividade estrogênica.

Preparação do paciente:
• Abstinência sexual de 48 horas;

Valores de referência:
Método:
Esfregaços corados pela técnica de Schorr para a avaliação hormonal e técnica de Papanicolaou para pesquisa de células neoplásicas.

Classificação Papanicolau:Classe I: Esfregaço normal;
Classe II: Esfregaço inflamatório;
Classe III: Lesões displásicas ou pré-neoplásicas;
Classe IV: Provavelmente maligno (geralmente carci-noma in situ);Classe V: Esfregaço com padrão de neoplasia maligna.

Exames correlatos:Estradiol, progesterona, hormônio folículo estimulante (FSH), hormônio luteinizante (LH).

3 Comentários:

manugatinha_13 disse...

OI EU QUERO EM GRAVIDA MAIS EU TOU COMUMA MAICHA NU UTER O QUE EU FASSO EU TOM MEI REMEDIO SELINE

Dona do Blog disse...

Bom manu, você tem que procurar logo um médico pois só ele pode te examinar e da um diagnostico correto.
Bjos.

renata ribeiro disse...

Aprende a escrever primeiro, depois vc pensa nisso analfa!