5 de mai de 2011

HPV na laringe

Definições
Os papilomavírus humanos (HPV) são vírus da família Papillomaviridae que causam lesões na pele ou mucosas. Podem ser divididos em dois grupos: os de alto risco (principalmente os tipos 16 e 18) e os de baixo risco para neoplasia (principalmente os tipos 6 e 11). A papilomatose laríngea (PL) é uma doença causada pelos vírus de baixo risco que acomete pregas vocais, epiglote e pregas vestibulares, mas pode atingir toda a laringe. Em casos extremos ocasiona quadros de insuficiência respiratória aguda.
Causas
O modo de transmissão do HPV ainda não foi completamente elucidado. Nos casos de infecções na laringe em crianças acredita-se na contaminação vertical, que ocorre durante o parto; em adultos, na transmissão por meio de sexo oral sem preservativo.
Sintomas
Em crianças os sintomas incluem rouquidão, que pode evoluir para falta de ar, chegando a quadros dramáticos de desconforto respiratório. Em adultos e adolescentes as lesões são menos numerosas, focais e menos recorrentes, porém com maior potencial de malignização.
Diagnóstico
O diagnóstico da doença poderá ser feito mediante a realização de uma laringoscopia, exame em que o médico examina de forma direta toda a cavidade oral, epiglote e laringe do paciente.
Tratamento
Procurar um médico com regularidade e, principalmente, aos primeiros sinais da doença é fundamental para que ele possa indicar o melhor tratamento para cada caso. Somente o médico deverá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios.
Devido ao conhecimento ainda limitado da doença, não existe um consenso sobre a forma de tratamento. A opção cirúrgica, com remoção das lesões, não oferece resultados sempre eficazes, e as lesões podem voltar em pouco tempo.
Prevenção
Na transmissão pelo sexo oral, a forma de prevenção da doença é o uso de preservativos durante o ato sexual. Na transmissão vertical, o ideal é que a mãe faça o tratamento do vírus antes de engravidar, tendo em vista que ainda não existem comprovações de que a cesariana possa evitar a contaminação.

Procure sempre seu médico.

0 Comentários: