15 de jun de 2011

Porque não engravidei ainda?


Amigas se a gravidez ainda não chegou existem vários fatores:
Fator Masculino :O homem pode ter uma deficiência tanto na qualidade, quanto na quantidade de espermatozóides. Este fator está presente em 30-40% dos casos de infertilidade.

Para verificar se existe este problema, é necessário fazer um exame de espermograma em clínica de reprodução assistida, onde a análise do material é bem mais criteriosa.
Fator ovulatório
imagem-fator-ovulatorioA mulher pode ter uma falha de ovulação ou até mesmo ovular, mas com produção inadequada de hormônios. Quando a ovulação não ocorre, o ciclo menstrual costuma ser irregular. Porém, quando há apenas uma deficiência na qualidade da ovulação, este sintoma pode não aparecer.

Como saber se você tem isto? É necessário fazer exames para dosagens de hormônios que regulam a ovulação. São exames de sangue que devem ser colhidos em data determinada de acordo com o ciclo menstrual. Estes hormônios investigados são produzidos tanto no ovário quanto em outros locais, mas que interferem na produção hormonal ovariana. O exame de ultra-sonografia também auxilia no diagnóstico.
Um exemplo comum deste fator é a falha de ovulação em mulheres com ovários policísticos.


Fator Uterino

histeroscopia
Existem irregularidades na cavidade uterina que podem dificultar que o embrião se fixe na parede uterina. Exemplos de possíveis causas de irregularidade na parede uterina são miomas (intramurais e submucosos), pólipos endometriais e malformações uterinas (útero bicorno, por exemplo).

Para verificar estes problemas, é necessário realizar exames como ultra-sonografia transvaginal, histeroscopia (HSC - uma óptica introduzida dentro do útero estuda esta possibilidade), histerossalpingografia (HSG - radiografia com uso de contraste do útero e tubas para ver a forma dos mesmos).


Fator Tubário


histerossalpingografia
As tubas uterinas, que comunicam o ovário com o útero, podem apresentar deformidades ou até mesmo obstrução do seu canal. Se estas estão comprometidas de um lado ou até mesmo dos dois lados, podem dificultar ou até mesmo impedir o encontro do espermatozóide com o óvulo evitando, assim, a fecundação. Para verificar se existe este problema é necessário fazer o exame de histerossalpingografia (HSG - radiografia com uso de contraste do útero e tubas para ver a forma dos mesmos). 
Eventualmente, esses diagnósticos precisam de comprovação por uma outra técnica, que se chama vídeo-laparoscopia, quando uma ótica introduzida no abdome permite visualizar as trompas, os ovários e demais órgãos internos.

0 Comentários: